Economia

Localização mais que privilegiada

Aparecida de Goiânia, município localizado na Região Metropolitana de Goiânia, vem se consolidando como um dos polos industriais mais dinâmicos do Estado. Com uma população em torno de 450 mil habitantes, Aparecida é o segundo município mais populoso de Goiás, perdendo somente para a capital. Com a malha urbana conturbada a de Goiânia, a condição de cidade dormitório outrora atribuída a Aparecida, é coisa do passado. Apesar de ainda viver na órbita de Goiânia, com boa parte de sua população morando na cidade e se deslocando para o trabalho diariamente na capital, o município tem se desenvolvido em ritmo acelerado, ganhando vida própria, principalmente no campo econômico.

Aparecida de Goiânia ganha fôlego industrial e independência econômica. Ao mesmo passo perde o título de cidade dormitório. Na área de serviços, o Produto Interno Bruto (PIB) do município registrou crescimento de 46% entre os anos de 2002 e 2006. Índice superior ao do Estado que foi de 35%. Segundo levantamento da Federação das Indústrias do Estado de Goiás (Fieg), o PIB geral de Goiás teve elevação de 35%, enquanto que o de Aparecida registrou 54%. Um avanço decorrente da expansão da atividade industrial na região, que atualmente conta com cinco polos e mais de 13 mil empresas e 964 estabelecimentos industriais registradas na prefeitura. Responsável pela 5ª maior arrecadação de ICMS no Estado, o desenvolvimento da cidade esbarra na falta de infraestrutura.

Destaca-se hoje, principalmente nas áreas de indústria, do comércio e da prestação de serviços. Ao que tudo indica, as metas estabelecidas e colocadas em prática pela Nova Administração serão fundamentais para ordenar o crescimento do município, que até então, mais se caracterizava como uma aglomeração de setores com problemas crônicos como a falta de infraestrutura urbana (água, energia, transporte coletivo, serviços de saúde e falta de escolas).

A localização estratégica de Aparecida, na Região Metropolitana de Goiânia, cuja sede fica a 19 quilômetros da capital, a 70 quilômetros de Anápolis e 224 quilômetros de Brasília, é um dos grandes fatores competitivos do município. Esta posição privilegiada faz do município um polo dinâmico e importante que aposta na transformação de matérias-primas e distribuição de produtos para os grandes centros consumidores do País.