Gustavo Mendanha busca recursos para funcionamento do Hospital Municipal de Aparecida (HMAP)


2 de abril de 2019
Foto: Valdemy Teixeira

Em busca de recursos para o Hospital Municipal de Aparecida (HMAP), o prefeito Gustavo Mendanha se reuniu na manhã desta terça-feira, 02, com o ministro da Saúde, Luiz Henrique Mandetta. O encontro ocorreu no gabinete do ministro, em Brasília, e contou com a participação do deputado federal, Alcides Ribeiro (PP), e do secretário de Saúde de Aparecida, Alessandro Magalhães. Na ocasião, o prefeito solicitou recursos para a compra de equipamentos e o custeio da unidade que foi inaugurada no final de dezembro e que é o maior hospital de Goiás gerido por uma prefeitura.

Segundo explicação do prefeito, o funcionamento do HMAP está ocorrendo em etapas. Em janeiro, 30 apartamentos com 60 leitos de enfermaria, 20 leitos de UTI adulta e 20 de urgência e duas salas cirúrgicas foram entregues. “Até o meio do ano pretendemos entregar a segunda etapa com mais 15 apartamentos adultos e 15 pediátricos e 10 UTI’s pediátricas. Esses serão os primeiros leitos de internação infantil da nossa rede pública. Com o funcionamento deles, nossas crianças não precisarão mais ir para outros municípios em busca de tratamento. Pelo contrário, Aparecida é quem vai receber pacientes de outras cidades. Já coloquei o HMAP à disposição do Estado de Goiás, para auxiliá-los neste tipo de atendimento”, explicou.

O ministro da Saúde afirmou que analisará o pedido de liberação de R$ 23 milhões para a compra de equipamentos para o HMAP, bem como de cerca de R$ 2 milhões para o custeio mensal da unidade. Além disso, Luiz Henrique Mandetta abordou projetos para a Saúde brasileira. “A ideia do nosso governo é revitalizar a Atenção Básica, aumentando os recursos e as possibilidades para a Estratégia de Saúde da Família, permitindo assim a descompressão das Unidades de Pronto Atendimento e a ampliação do acesso”.

Com visão semelhante a do ministro, o secretário Alessandro Magalhães pontou que Aparecida escolheu como foco para este ano justamente o fortalecimento da Atenção Básica. “Nossa cidade conta com três UPA’s funcionando 24h, cada uma com cerca de oito médicos por plantão, um Hospital Municipal e com o Centro de Diagnósticos e Especialidades em implantação. Agora é hora de investir na ampliação das Unidades Básicas de Saúde. Iniciamos neste ano o projeto de estender o atendimento nesses locais todo último sábado do mês e tem sido um sucesso”, defendeu.

O deputado federal, professor Alcides Ribeiro também esteve na reunião e pontuou que vai trabalhar para melhorar a vida do aparecidense e do goiano. “Viemos com o prefeito reivindicar ao ministro da Saúde mais verbas para o custeio mensal do HMAP e para aquisição de todos os equipamentos necessários para a unidade funcionar com 100% de sua capacidade. Luiz Henrique Mandetta recebeu nossos pedidos e prometeu que no dia 12 de abril, quando for à Goiânia, terá novidades para nos passar”, disse o deputado federal.

HMAP – O Hospital Municipal de Aparecida tem 230 leitos, sendo 30 UTI´s, 20 leitos destinados à urgência e 180 apartamentos. A unidade abrigará os primeiros leitos de internação pediátrica da cidade, evitando assim o deslocamento intermunicipal de quem precisa do serviço. A expectativa é de que com o funcionamento do Hospital as filas de espera de cirurgia no município sejam reduzidas, bem como o tempo de espera para liberação de vaga de UTI. No local, serão realizados cerca de 1,2 mil atendimentos de urgência e emergência, mais de 900 internações, 11 mil atendimentos ambulatoriais e 25 mil exames, todos os meses. Serão oferecidas ainda cirurgia geral, pediátrica, ortopédica, cardíaca e urológica.

Fonte: Camila Godoy

Mais Notícias