Instalação de dois novos juizados irá ampliar atendimento jurídico em Aparecida


9 de outubro de 2018
Foto: Claudivino Antunes

Com o objetivo ampliar o acesso da população à justiça, o Tribunal de Justiça de Goiás está reestruturando as unidades judiciárias. O Plano, conforme a Lei 20.254, de 03 de agosto deste ano, criou 33 novas unidades judiciárias em Goiás. Segundo o TJ, as novas unidades terão competências diversas, como juizados especiais da mulher e de combate ao crime organizado e o intuito principal é otimizar a estrutura do Judiciário, criando varas onde há maior demanda processual, conforme orientações do Conselho Nacional de Justiça (CNJ).

Aparecida de Goiânia recebeu duas novas unidades judiciárias. A solenidade de instalação do  3º Juizado Cível e do Juizado de Violência Doméstica e Violência Contra a Mulher na sede do Fórum de Aparecida de Goiânia foi realizado na tarde desta terça-feira, 09, e o secretário da Casa Civil, Einstein Paniago, representou o prefeito Gustavo Mendanha no ato. O evento contou ainda com a presença de representantes do Ministério Público, Polícia Civil, Ordem dos Advogados do Brasil (OAB-GO), Tribunal de Justiça do Estado de Goiás (TJ/GO) e sociedade organizada.

De acordo com o diretor do Foro de Aparecida, doutor Társio Ricardo de Freitas, as novas unidades judiciárias irão ampliar o atendimento à comunidade aparecidense. “Agradecemos ao desembargador Gilberto Marques Filho pelo esforço empenhado para que pudéssemos melhorar a estrutura para atender de forma mais ampla as pessoas que necessitam da Justiça na cidade”, apontou durante discurso.

Durante a solenidade, o presidente do Tribunal de Justiça de Goiás, desembargador Gilberto Marques Filho, pontuou o crescimento populacional e econômico que Aparecida experimentou nos últimos anos. Segundo ele, a ampliação da estrutura do Poder Judiciário irá dar maior celeridade no atendimento à população. “Esse é um momento histórico para a comunidade local. A partir de agora iremos ampliar a capacidade de atendimento em Aparecida que cresceu muito e, por isso, estamos acompanhando o crescimento da cidade, diminuindo o tempo de espera de muitas pessoas que demandam a Justiça”, sublinhou.

O secretário Einstein Paniago, agradeceu o esforço de todos os operadores do direito que não mediram esforços para a instalação dos dois novos juizados na cidade. “Nossas palavras são de agradecimento ao presidente do Tribunal de Justiça, ao doutor Társio, membros do Ministério Público, OAB-Goiás e todos outros envolvidos. As pessoas de Aparecida serão as mais beneficiadas com a instalação das novas unidades judiciárias, principalmente para as mulheres que terão seus direitos atendidos”, destacou ele.

 

Fonte: Rodrigo Augusto

Mais Notícias