Facebook Twitter Webmail Interno Página Inicial Webmail

Notícias

 
Voltar       Imprimir

Maguito e Secretária Nacional de Habitação autorizam a construção de casas para quilombolas

09/09/2013 - 15:58
clique para aumentar

Aparecida de Goiânia, 09 de setembro de 2013 – O prefeito de Aparecida de Goiânia, Maguito Vilela (PMDB) e a Secretária Nacional de Habitação do Ministério das Cidades, Inês Magalhões, assinaram, na manhã desta segunda-feira (09), convênio com a Caixa Econômica Federal (CEF) que autoriza a construção de 73 casas para a comunidade de quilombola do município. “Uma das prioridades da atual administração é ampliar acesso a moradia digna. Esperamos diminuir significamente o défict habitacional no município até o fim da gestão”, pontuou Maguito.

Mais de R$ 4,3 milhões, provenientes do governo federal, beneficiarão 73 famílias da quilombolas que atualmente vivem de aluguel. “Temos muito a agradecer ao prefeito Maguito que foi até o Jardim Cascata, quando assumiu, ver de perto a nossa situação e se comprometeu a ajudar”, contou a presidente da Associação Quilombola de Aparecida, Maria Lúcia. As casas serão construídas na Vila Delfiori, por meio do programa Minha Casa Minha Vida, do governo federal, em terreno doado pela Prefeitura.

Inês Magalhães destacou salto positivo do Minha Casa, Minha Vida. Segundo ela, desafio é que ele se torne um instrumento que melhore a qualidade de vida urbana.  De acordo com dados do Ministério das Cidades, o programa  completou a entrega de um milhão de moradias em 2012 e o governo deve superar a meta de três milhões de moradias até 2014. “Nunca se investiu tanto em habitação como no governo da Presidente Dilma Rousseff”, salientou a secretária.

Uma das beneficiárias é a dona Edna Ribeiro Lemes, que atualmente mora no Jardim Tiradentes. Ela conta há mais de cinco anos a comunidade quilombola aguarda o benefício. “Vai ser muito bom para todos nós sair do aluguel, ainda mais para pessoas como eu, mãe de duas filhas e que sustento a casa sozinha”, explicou. Segundo o secretário de Habitação, Ronnie Barbosa, o início das obras está previsto para final de setembro. “Sabemos da luta da comunidade quilombola e é uma honra poder fazer parte da realização deste projeto que foi iniciado na gestão de Maguito”, acrescentou.

A solenidade aconteceu no centro de Cultura José Barroso e também contou com a presença da Superintendente Tegional da Caixa, Marise Fernandes, do subchefe para Assuntos Federativos da Presidência da República, Olavo Noleto (PT), da deputada estadual Isaura Lemos (PCdoB), a vereadora por Goiânia, Tatiana Lemos (PCdoB), a presidente da associação goiana de atualização e realização do cidadão, Carmem Lucia Rodrigues e o coordenador regional de Habitação e Interesse Social, João Carlos Alves.

Além disso, o secretario de estado dos Movimentos Sociais e Assuntos Religiosos, pastor Jeferson Rodrigues, a coordenadora estadual das Comunidades Quilombola do Estado de Goiás, Marta Ivone, o gerente regional da Caixa, Wellerson Ferreira Melo, os vereadores municipais Vercelino Amendoim (PSL), Arnaldo Leite (PMDB) e os secretários municipais de Aparecida também marcaram presença no ato de assinatura do convênio.

 

Jardim dos Ipês será contemplado com a construção de 3,3 mil casas populares

Ainda cumprindo a agenda no município, a Secretária Nacional de Habitação, Inês Magalhães, se reuniu com representantes de nove entidades sociais organizadoras da construção de 3,3 mil casas no setor Jardim dos Ipês. Na ocasião, eles entregaram à secretária um documento solicitando junto ao Ministério das Cidades, a criação de uma resolução específica para viabilizar a contratação do projeto.

O projeto para a construção das unidades populares já está pronto e também foi apresentado à Secretária Nacional de Habitação em reunião no gabinete do prefeito Maguito Vilela. “É um empreendimento grande, quase uma cidade, precisamos unir esforços para implantar também os serviços sociais, econômîcos e de saneamento básicos necessários no bairro”, ponderou Inês Magalhães.

Segundo dados da Secretaria de Habitação, o objetivo da administração é entregar, até o final desta gestão, 10 mil empreedimentos populares para famílias aparecidenses de baixa renda. “Contamos com o apoio do governo federal para isso, que tem sido fundamental na viabilização de vários benefícios na cidade”, disse Maguito, lembrando das unidades básicas de saúde entregues em 2012, das 36 creches em construção e obras de pavimentação e saneamento básico no município.

 

 


Fonte: Ana Clara Dias - Secom
Foto: Carlos Alexandre - Secom

Untitled Document

Serviços


Fale Conosco
Consulta de Processos
Contracheque
DIRF
IPTU / ITU - Certidões
Legislação
Links Úteis
SMTA - Publicações
Vigilância Sanitária

Ações


Trânsito
Pavimento
Ação Social
Saúde
Educação
Habitação
Meio Ambiente
Ação Cultural

 

A Cidade


Bandeira
Economia
Estrutura
Galeria de Fotos
História
Localização
Notícias

Rua Gervásio Pinheiro, APM
Residencial Solar Central Park
CEP: 74.968-500

Webmail
©2012/2013 - Prefeitura Municipal de Aparecida de Goiânia - Desenvolvido pela DTI