Obra do CMEI do Serra Dourada é concluída


9 de maio de 2017
Foto: Fabiano Araújo - Secom

Unidade, que será inaugurada com a presença da presidente Dilma, receberá equipamentos e maquinário até o dia 2 de dezembro.

Aparecida de Goiânia, 28 de novembro de 2013 – À espera apenas de mobiliário e equipamentos para ser inaugurado, o CMEI Profº Olaídes Bonifácio da Silva, construído no setor Serra Dourada, foi vistoriado nesta quarta-feira, 28, pelo prefeito Maguito Vilela (PMDB), e pelos secretários Carlos Eduardo de Paula Rodrigues (Fazenda) e Ozéias Laurentino Júnior (Comunicação). A visita foi acompanhada pelos engenheiros coordenadores de obras da Casa Alta Construções, vencedora da licitação das unidades em Aparecida, Joviano Antônio Fernandes Neto e Fernando Palu Pedroni.

O CMEI será entregue em dezembro, com a presença da presidenta Dilma Rousseff. A data prevista é 12 de dezembro, se não houver alterações na agenda da chefe de Estado. “O CMEI foi construído em parceria com o Governo Federal por meio do programa Pró-infância e é o primeiro do país a utilizar essa tecnologia desenvolvida no Canadá. Foi uma experiência muito positiva porque constatamos que a obra tem uma duração bem menor, é mais econômica e consegue manter o mesmo padrão de qualidade das obras convencionais”, reiterou o prefeito Maguito Vilela.

A tecnologia, que utiliza PVC Leve enxertado, foi patenteada pela empresa brasileira Global Housing Internacional. O custo médio de construção de cada CMEI neste sistema é de R$ 1.450.000. A técnica consiste no encaixe de peças de PVC leve pré-moldadas, formando as paredes, que depois são preenchidas com o concreto, criando uma estrutura sólida. Em todo o país, serão construídas 700 unidades com o mesmo sistema. Aparecida receberá 16 unidades construídas nesta técnica.

 

De acordo com o coordenador de obras no Distrito Federal, Goiás e Tocantins da Casa Alta Construções, Joviano Antônio Fernandes, que acompanhará todas as obras no município, a unidade do Serra Dourada tem área total de 2,8 mil metros quadrados, sendo 1,2 mil metros quadrados de área construída. O prédio foi edificado em 110 dias, prazo que está dentro do contrato assinado com a Prefeitura, que é de até 210 dias. “Numa obra convencional, o período de duração da obra é de 13 a 14 meses, ou seja, mais que o dobro do tempo possível com a nova técnica”, esclareceu.

As obras de outras três, das 16 unidades de PVC Leve previstas para Aparecida, devem ser iniciadas em dezembro nos setores Caraíbas, Village Garavelo e Mansões Paraíso. A empresa aguarda apenas o trabalho de terraplanagem das áreas, que é realizado pela Prefeitura. No Setor Caraíbas, a Seinfra iniciará esse trabalho nesta sexta-feira, 29. “Com o terreno preparado, iniciamos de imediato as obras”, completou o engenheiro, ressaltando que no período chuvoso a expectativa de duração das obras é de 4 a 5 meses, ou seja 120 a 150 dias.

Assim como as demais unidades de Educação Infantil de Aparecida, o CMEI Profº Olaídes Bonifácio da Silva terá capacidade para 120 crianças em período integral. As aulas terão início em janeiro de 2014. De acordo com a secretária de Projetos e Captação de Recursos, Valéria Pettersen, todo o mobiliário e máquinas necessárias ao funcionamento do CMEI já foram adquiridos por meio de Ata de Registro de Preços elaborada pelo FNDE, que é um sistema mais ágil, e serão todos entregues e montados até o dia 2 de dezembro.

Fonte:

Mais Notícias