Participantes do Desafio Aparecida em Boa Forma iniciam bateria de exames


5 de abril de 2019
Foto: Wigor Vieira

O Desafio Aparecida em Boa Forma, programa da Prefeitura que incentiva a prática regular e monitorada de atividades físicas com acompanhamento nutricional, médico e psicológico das comunidades escolares da cidade avançou. Na manhã desta sexta-feira, 5, os participantes passaram por consultas individuais com médico cardiologista a fim de dar início à bateria de exames. Os procedimentos antecedem ao oferecimento de exercícios físicos na Escola Municipal Jardim Olímpico II, que ocorrerá duas vezes por semana no período noturno.

“Eu fiz questão de participar do lançamento do Desafio Aparecida em Boa Forma porque se trata de um programa excepcional, que tem tudo a ver com o ciclo positivo de promoção da saúde e do bem estar que estamos promovendo nesta cidade. A Prefeitura tem feito sua parte com investimentos estratégicos, ampliando e modernizando o atendimento no município. Mas de nada vale um hospital cheio de máquinas modernas, com sistemas digitalizados e inteligentes de gestão e uma equipe de profissionais cada vez mais valorizados e capacitados sem a conscientização das pessoas para aquilo que é básico. Isso passa por uma alimentação correta e a prática de atividades físicas” – pontuou o prefeito.

Bruna Aniele Cota, que é coordenadora do projeto, explica que a consulta com o médico cardiologista antes do início da rotina de atividades físicas é essencial para que os participantes possam executar cada um dos exercícios com a máxima segurança. “Serão realizados exames de rotina da área cardíaca para podermos mapear a situação de cada um dos inscritos. Dessa forma teremos a garantia tanto da eficácia dos exercícios quanto da segurança dos participantes. Sempre respeitando os limites de cada um deles” – completa.

Durante três meses serão realizadas atividades físicas monitoradas. Às segundas e às quartas-feiras o grupo realizará aulas com um professor de Educação Física na quadra de esportes da Escola Municipal Jardim Olímpico II. A cada 15 dias haverá consulta com um nutricionista. Uma vez por mês os participantes se consultarão com um psicólogo e com um fisioterapeuta da equipe multidisciplinar. Segundo Bruna Aniele, a ideia não é reduzir peso mas, principalmente, prevenir males advindos das doenças associadas à obesidade e ao sedentarismo. “Não se trata de questão estética, mas trabalhar e promover saúde. Por isso o acompanhamento do psicólogo será essencial para cuidarmos do bem estar. Muitas vezes a ansiedade leva ao aumento de peso”.

Fonte: Frederico Noleto

Mais Notícias