Procon de Aparecida apreende quase mil brinquedos irregulares


10 de outubro de 2017
Foto: Divulgação

Operação teve início no dia 02 de outubro e segue até esta quarta-feira, 11, e teve como objetivo garantir a segurança das crianças na hora da brincadeira

O Procon de Aparecida de Goiânia apresentou nesta terça-feira, 10, o resultado da operação de fiscalização que apreendeu centenas de brinquedos irregulares. De acordo com o secretário executivo do Procon municipal, Marinho Rezende, durante a operação foram vistoriadas dezenas de estabelecimentos, formais e informais. O objetivo da ação, denominada Operação Brinquedo Seguro, foi o de garantir qualidade e segurança da população, evitando assim que produtos impróprios sejam comercializados no município.

“A operação teve início no dia 02 de outubro visando alertar os pais que irão comprar os presentes para seus filhos, pois muitos brinquedos oferecem riscos à saúde da criança, pois não estão dentro das normas de segurança. Pois além de buscar o menor preço é preciso olhar se o produto tem o selo do Inmetro, especificações em português e indicativo da faixa etária”, destacou Marinho Rezende.

A operação foi iniciada após diversas denúncias de consumidores que encontraram os produtos impróprios nas prateleiras. “Recebemos denúncias e com a proximidade do dia das crianças todo cuidado é pouco, por isso realizamos essa operação. Dentre os brinquedos apreendidos temos o exemplo de bonecos de super-heróis com parafusos soltos que podem ser engolidos pelas crianças”, alertou o secretário executivo.

As empresas vistoriadas que apresentaram irregularidades foram autuadas e vão pagar multas que podem chegar até R$ 5 mil, se considerados fatores agravantes. A operação se estende até esta quarta-feira, 11, dia que antecede a data comemorativa. “Nós procuramos sempre priorizar o bem de toda população”, pontuou Marinho que salientou ainda a apreensão de armas de brinquedo durante a fiscalização. “Em Aparecida há uma lei que proíbe a comercialização de brinquedos que simulem uma arma de verdade. Elas foram multadas e os itens apreendidos”, finalizou.

Fonte: Pabline Flaviane

Mais Notícias