SAC Mansões Paraíso comemora um ano com 4,5 mil atendimentos mensais


12 de setembro de 2017
Foto: Ênio Medeiros

Aparecida de Goiânia 12 de setembro de 2017 – A unidade do Serviço de Atendimento ao Cidadão (SAC) Mansões Paraíso comemorou hoje, 12, um ano de atendimento ao público. A data foi lembrada com um café da manhã com presença do secretário de Mobilidade e Defesa Social, Arnaldo Leite, responsável pela implantação da unidade na região, e da coordenadora geral do SAC de Aparecida, Vânia Rezende, que na ocasião representou o secretário da Fazenda, André Luiz da Rosa.

Participaram ainda o correspondente da Caixa Econômica Federal (CEF), Igor Nunes; representantes de escritórios de contabilidade da região; e moradores. “O SAC nessa região era um desejo antigo da população. Em 2009, quando levei a demanda ao então prefeito Maguito Vilela, a ideia inicial era contruir uma unidade própria. Mas por vários fatores, principalmente custos, optamos pela locação de uma sala. Agora o objetivo do prefeito Gustavo Mendanha é melhorar e ampliar a estrutura atual, inclusive com estacionamento próximo”, informou o secretário.

A estrutura da unidade é bastante compacta. A supervisora, Cibely Arruda da Silva, explica que todo o atendimento é realizado por ela e outra funcionária, Nathália Monique Alves. “Atendemos cerca de 150 pessoas por dia, que dá em média 4,5 mil atendimentos por mês”, informou. O público, embora a unidade ofereça os mesmos serviços das demais unidades – desde recolhimento de IPTU e certidões básicas à abertura de empresas – é formado majoritariamente por escritórios contábeis, imobiliários e agências bancárias.

“Por ser uma região de comércio muito forte, acaba se concentrando nisso. Mas podemos ampliar ainda mais esse atendimento, porque muitas pessoas ainda não conhecem e acabam buscando as unidades de outras regiões. Então o objetivo hoje também é divulgar o nosso SAC local”, afirmou a supervisora.

Representando os escritórios de contabilidade da região, o contador João Batista ressaltou a comodidade proporcionada pela unidade e sugeriu a ampliação de serviços. “O processo de cadastramento e registro de empresas em Aparecida evoluiu muito e o atendimento aqui é excepcional. Mas muitas coisas não estão ao alcance das meninas (servidoras do SAC) como alvarás sanitários, licença ambiental e a participação de licitações. Nem tudo é possível resolver aqui ainda e isso pode ser melhorado”, disse.

A reivindicação vai de encontro à proposta do atual prefeito Gustavo Mendanha, de tranformar Aparecida em uma Smart City, ou seja, uma Cidade Inteligente. O município  foi o primeiro do Estado de Goiás à aderir ao projeto federal Rede Nacional para a Simplificação do Registro e da Legalização de Empresas e Negócios (Redesim) e, desde 2014, com esta e outras medidas, trabalha para integrar e desburocratizar o atendimento ao cidadão e ao setor empresarial.

SAC – Aparecida conta hoje com nove (09) unidades em todas as regiões, inclusive no Buriti Shopping e Aparecida Shopping. Todas realizam os mesmos atendimentos ao cidadão comum e empresariado. “Para a região do Mansões Paraíso, em especial, o próximo passo é melhorar ainda mais o espaço para oferecer maior comodidade ao contribuinte”, reiterou a coordenadora geral do Serviço de Atendimento ao Cidadão (SAC) de Aparecida, Vânia Rezende, destacando que a unidade atende ainda os setores Papillon Park, Veiga Jardim, Cidade Satélite São Luiz, entre outros circunvizinhos.

 

 

Fonte: Daniela Soares

Mais Notícias