Saúde Municipal promove mobilização a favor da Reforma Psiquiátrica


9 de maio de 2017

Aparecida de Goiânia, 16 de maio de 2013 – Para tentar diminuir o preconceito e o estigma relacionados aos transtornos mentais e à dependência  química, profissionais e usuários da Secretaria Municipal de Saúde (SMS) de Aparecida de Goiânia realizam na manhã desta sexta-feira, 17, a partir das 9h, na Praça da Matriz, no Centro, uma iniciativa humanista e cidadã: a Mobilização a Favor da Reforma Psiquiátrica.

      “A marginalização do portador de transtorno mental é um mal antigo da humanidade e queremos contribuir para esclarecer as pessoas e diminuir o sofrimento de quem, além de conviver com as dificuldades de sua patologia, ainda precisa suportar o fardo do preconceito alheio. Esse é um dever de toda a sociedade e uma questão importantíssima para nós, profissionais de saúde”, argumenta a diretora técnica do Centro de Atenção Psicossocial (CAPS) Bem-me-Quer , Tahiná Khan.

      A mobilização de amanhã é mais uma estratégia da Coordenação de Saúde mental da SMS para defender os princípios da Reforma Psiquiátrica Brasileira, que, amparada pela lei 10.216/2001, preconiza, dentre outros pilares, o respeito aos direitos e à liberdade dos pacientes, o convívio com a família e a comunidade (ao invés do isolamento) e garantir tratamento digno e de qualidade aos cidadãos.

      O evento deve reunir mais de trinta profissionais da SMS e cerca de 60 usuários dos CAPS Bem-Me-Quer, Criarte Vida, Alegria, Era Uma Vez e a equipe do Consultório de Rua, além de animadores culturais.

 

Sugestão de Pauta:

 

Assunto: Mobilização a Favor da Reforma Psiquiátrica

Data: Amanhã,sexta, 17 de maio de 2013

Horário: a partir das 9h

Local: Praça da Matriz, Centro, Aparecida de Goiânia

Contato para entrevistas: Paula Cândida da Silva Dias, coordenadora de Saúde Mental da SMS

 

Fonte:

Mais Notícias