Secretaria de Esportes assumirá gestão dos ginásios da cidade


13 de junho de 2017
Foto: Claudivino Antunes

Atualmente, a gestão dos espaços é de responsabilidade do governo estadual.

Aparecida de Goiânia, 13 de junho de 2017 – A Prefeitura de Aparecida, por meio da Secretaria de Esportes, assumirá a gestão dos ginásios de esportes da cidade. A decisão, oficializada pelo Governo do Estado, entra em vigor aproximadamente 30 dias. Atualmente, a gestão dos espaços é de responsabilidade do governo estadual.

Em breve, as chaves dos seis ginásios de Aparecida serão entregue ao prefeito Gustavo Mendanha, que por meio da Secretaria de Esportes, irá iniciar as reformas dos espaços. Junto com as chaves, o Governo do Estado vai entregar ainda um cheque reforma, que deve ser utilizado para a compra de materiais básicos de construção, estrutura, vedação, instalação e acabamento.

De acordo com o secretário da pasta, Gerfeson Aragão, a prefeitura irá abrir processo licitatório para completar o valor das obras. A previsão de custos para as reformas dos espaços é de R$100 mil para cada um. Os seis ginásios de Aparecida estão localizados nos seguintes bairros: Centro, Cidade Livre, Tiradentes, Garavelo, Cruzeiro do Sul e Vila Brasília.

Para o secretário, há muito tempo os ginásios perderam a sua principal finalidade, que é de iniciação esportiva de crianças e adolescentes. “Atualmente não existe nenhum projeto com este objetivo e a população, sem saber que a prefeitura não é responsável pelo espaço, cobra medidas para melhor utilização”, revelou Gerfeson.

O secretário acredita que, com a mudança, os ginásios retomarão o conceito de espaços de integração social e iniciação esportiva. “Vamos oferecer diversas atividades nas modalidades vôlei, basquete, futsal e artes marciais com faixa etária de 7 a 16 anos”, frisou o gestor da pasta.

Após as reformas, a Secretaria de Esportes prevê que cada ginásio atenda cerca de 500 crianças e adolescentes, sendo 3 mil famílias impactadas pelo projeto gratuitamente. “Não haverá cobrança de taxas para utilização do ginásio, exceto quando o evento for de iniciativa privada com bilheteria”, explicou Geferson Aragão, que revelou que o valor das taxas será utilizado para manutenção do espaço.

Fonte: Thayza Marins e Elzenúbia Moreira

Mais Notícias