Semma de Aparecida receberá denúncias pelo WhatsApp


9 de maio de 2017
Foto: Valdir Antunes - Secom

Aparecida de Goiânia, 24 de dezembro de 2014 – A partir desta segunda-feira, 29, a Secretaria Municipal de Meio Ambiente (Semma) contará com mais mais um canal de comunicação com os moradores de Aparecida de Goiânia por meio do serviço de mensagens WhatsApp. O  número – (62) 9495-3399 – estará à disposição de toda a população para informações, dúvidas e principalmente denúncias de desmatamento, poluição sonora e visual, lançamento irregular de esgoto, entre outros crimes ambientais presenciados.

“Nosso objetivo é agilizar ainda mais o atendimento às demandas, pois o WhatsApp é uma ferramenta popular e acessível. Já faz parte da vida de grande parte da população e acreditamos que pode nos auxiliar também na realização do serviço público”, explicou o secretário de Meio Ambiente, Fábio Camargo. O lançamento oficial da ferramenta ocorreu na manhã desta segunda-feira, na sede da Semma, que fica na antiga sede da Prefeitura de Aparecida, no Centro histórico.

Assim como o disque-denúncia (62) 3545-5866/ (62) 6024, o serviço também estará disponível durante toda a semana. De segunda a quinta e aos domingos, o atendimento será das 8 da manhã às 3 horas do dia seguinte. Já na sexta e no sábado, quando existe uma movimentação maior de festas e eventos, o atendimento será das 8 horas até as 6 horas do dia seguinte.

“Temos um número suficiente de equipes para verificar cada situação de denúncia no município e o telefone será monitorado pelos nossos agentes em regime de plantão. Agora com essa ferramenta, teremos também provas do que acontece, porque a populaçao poderá tirar fotos e fazer vídeos e nos enviar, e assim, mesmo que o caminhão de entulho ou o carro de som saia do local antes da equipe autuar, poderemos, por placas dos veículos achar o cidadão”, informou Fábio.

Em 2013, Aparecida ficou reconhecida nacionalmente por causa da ‘Operação Tolerância Zero ao Som Automotivo’ promovida pela Semma. Em função do trabalho sistemático e rigor da fiscalização no cumprimento da legislação, os números de reclamações caíram para 200 por mês. Antes eram em média 3.000 denúncias mensais.

O novo número reforçará os canais de comunicação com a população já oferecidos pela Semma: os telefones e a página no Facebook, onde os moradores podem solicitar serviços e ações rotineiras.

 

Fonte:

Mais Notícias